Atualizações em Neurologia Cognitiva – Fev/12

Publicado: 05/03/2012 em Neurologia Cognitiva
Tags:, ,

Otimizando o Escore Isquêmico de Hachinski

(“Optimizing the Hachinski Ischemic Scale”)

Hachinski V, Oveisgharan S, Romney AK, Shankle WR

Arch Neurol. 2012 Feb;69(2):169-75

Abstract: Fatores etiológicos vasculares continuam a ser o componente evitável mais significativo de distúrbios cognitivos em idosos. O Hachinski Ischemic Score (HIS) é o questionário mais comumente utilizado para o diagnóstico de demência vascular. O objetivo foi consolidar e validar a HIS. O Estudo Canadense da Saúde e Envelhecimento foi utilizado para este estudo. Foi um estudo de coorte realizado em 3 etapas em 1991, 1996-1997 e 2001-2002. A HIS contendo 13 itens foi submetido a análise de correspondência para identificar, ao mesmo tempo, a sua escala ótima de pontuação dos itens e um conjunto mínimo de ítens enquanto maximizando a variância explicável. Para esta análise, foram utilizados 2968 de 3054 pacientes bem  caraterizados e diagnostivados com dados completos da HIS (86 casos tiveram 1 item não preenchido)  do Canadian Study for Health and Aging fases 2 (1996-1997; n = 2431) e 3 (2001-2002; n = 623). Duas versões otimizadas foram identificadas capazes, tanto quanto ou até mais, de classificar os pacientes com demência vascular vs aqueles com demencia não-vascular. Assumindo que o instrumento HIS mede apenas uma única dimensão, a análise de correspondência identificou os 7 ítens mais discriminativos. Pontuação binária (0, 1) desses itens conduziu a um modelo de 7 itens HIS capaz de classificar tão bem quanto o modelo original de 13 ítens. Com a fusão de ítens muito semelhantes e aplicando a análise de correspondência, um modelo de 5 ítens de HIS (composto) foi criado que mede 2 dimensões significativas de informação e classificando demência vascular vs não-vascular tão bem quanto ou até melhor que o instrumento original. Cada versão tem desenvolvido vantagens e desvantagens específicas em termos de simplicidade, pontuação, generalização e precisão. Dependendo da configuração específica, duas versões reduzidas constituidas de 5 itens compostos ou 7 itens unicos são capazes de classificar tão bem ou até melhor do que o seu instrumento original.

Comentário: Este artigo é interessante, pois pode mostrar como o trabalho estatístico pode auxiliar no aprimoramento nas escalas utilizadas na prática clínica. Neste caso, como a bioestatísitca pode auxiliar a simplificar o escore de Hachinski e torna-la mais pragmática para a prática no dia-a-dia de consultório. Cabe agora mais dados que corroborem a acurácia e confiabilidade destas versões reduzidas. Mas que é tentador é…

Link: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21987392

——————————————————————————————————————————————————————

Progresso na Doença de Alzheimer

(“Progress in Alzheimer’s disease”)

Galimberti D, Scarpini E

J Neurol. 2012 Feb;259(2):201-11

Abstract: Depois de mais de um século do priméiro relato de Alois Alzheimer e Gaetano Perusini, o progresso tem sido feito na compreensão dos passos patogênicos da doença de Alzheimer (AD), bem como no seu diagnóstico precoce. Esta revisão discute recentes descobertas que levaram à formulação de critérios inovadores para o diagnóstico da doença mesmo em uma fase pré-clínica, por meio de marcadores biológicos. Além disso, as opções de tratamento serão discutidas, com ênfase em novos compostos modificadores de doença e futuros delineamentos experimentais adequados para se testar essas drogas numa fase inicial da doença.

Comentário: Artigo abrange de forma sucinta a fisiopatogenia postulada da doença de Alzheimer e introduz ao leitor a discussão dos biomarcadores de doença e possíveis tratamentos futuros. Leitura indicada para reciclar conhecimentos básicos da respectiva entidade.

Link: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21706152

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s