Atualizações na Neurologia Brasileira – Set/14 – Parte II

Publicado: 30/10/2014 em Artigos Brasileiros
Tags:, , ,

1) “Efeitos da estimulação cerebral profunda sobre dor e outros sintomas não-motores na doença de Parkinson” [Neurology. 2014 Oct 14;83(16):1403-9]

Imagem1

Instituições Envolvidas: USP-SP

As implicações do método ECP (“estimulação cerebral profunda”) sobre a melhora dos sintomas da doença de Parkinson estão sendo estudados a todo vapor na literatura mundial, e este trabalho brasileiro vem contribuir com mais informações. Segundo uma das autoras, a Dra. Maria Gabriela Ghilardi, o artigo avalia de maneira inédita o efeito da ECP em diferentes características da dor e sintomas não-motores em pacientes com doença de Parkinson. A ECP reduziu significativamente a prevalência de dor distônica e musculoesquelética, o que se correlacionou com melhora na qualidade de vida dos pacientes. Demonstramos também que a melhora da dor não se correlacionou com a resposta dopaminérgica ou com a melhora motora associada à ECP.  Tais achados são importantes devido a alta prevalência de dor em pacientes com doença de Parkinson e o seu impacto na qualidade de vida. Ele também amplia o espectro de ação da ECP nesta doença e lança questionamentos sobre os mecanismos que levam a gênese e melhora do sintomas não-motores.

Link PubMed: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25217059

2) “Avaliação da satisfação com o sono em pacientes com demência pela doença de Alzheimer” [J Clin Neurosci. 2014 Sep 3. pii: S0967-5868(14)00486-X. doi: 10.1016/j.jocn.2014.05.041. [Epub ahead of print]]

Imagem2

Instituições Envolvidas: UNIFESP

Este trabalho procurou explorar a qualidade e satisfação do sono em pacientes com doença de Alzheimer, e segundo o autor correspondente, Dr. Fabricio Oliveira, o estudo analisou os fatores que influenciam a satisfação com o sono e a duração do mesmo em 217 pacientes com demência da doença de Alzheimer. Mais de 80% dos pacientes relataram estar satisfeitos com seu sono, observando-se fortes correlações com sintomas comportamentais e com a duração do sono. Uso de Memantina e/ou anti-psicóticos teve fortes relações com a duração do sono, bem como o padrão de independência funcional, apatia e ansiedade. Haplótipos APOE e escolaridade não tiveram significância nas correlações com qualidade e quantidade de sono. A principal importância destes resultados reside na aplicabilidade dos critérios de insônia e fatores relacionados para pacientes com perfil social e cultural da cidade de São Paulo.

Link PubMed: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25194823

3) “Fatores de risco para a idade de surgimento da demência na doença de Alzheimer em uma amostra de pacientes com baixa escolaridade de São Paulo, Brasil” [Int J Geriatr Psychiatry. 2014 Oct;29(10):1033-9]

Imagem3

Instituições Envolvidas: UNIFESP

Na mesma linha do artigo acima, os pesquisadores avaliaram os fatores de risco relacionados com o surgimento da doença de Alzheimer. Neste estudo, segundo o Dr. Fabricio Oliveira, foram investigados os fatores de risco para idade de início da demência da doença de Alzheimer de início tardio em 210 pacientes de São Paulo. Observou-se que os principais fatores de risco para início mais precoce foram: APOE-ε4 , nacionalidade brasileira, história de depressão sob tratamento farmacológico, tabagismo, índice de massa corporal e história familiar de doenças cardiovasculares, em conformidade com os dados da literatura mundial. Combinações de fatores de risco cerebrovascular também tiveram uma efeito isolado sobre o início mais precoce da síndrome demencial. Os resultados do estudo têm sua importância por ser o primeiro trabalho a investigar estes fatores de risco sobre a idade de início da doença de Alzheimer no Brasil.

Link PubMed: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24596166

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s